Vandalismo e desprezo pela história! candidatos militares prometem luta por retorno de disciplinas como OSPB e Moral e Cívica ou – no mínimo – inclusão de patriotismo nos currículos.

Indignados com desprezo pela história e vandalismo, candidatos militares prometem luta por retorno de disciplinas como OSPB e Moral e Cívica ou no mínimo incluir patriotismo nos currículos.

Em visita ocorrida nessa segunda-feira à praça dos Ex – combatentes em São Gonçalo, construída para homenagear os pracinhas, homens e  mulheres que combateram o nazi-fascismo na segunda Guerra Mundial, os candidatos-militares Suboficial Zacarias (77300) e Suboficial Bonifácio (10700) se mostraram indignados com a depredação das peças históricas que retornaram da segunda guerra mundial.

Dos cerca de 25 mil soldados que o Brasil enviou para a segunda grande guerra menos de 50 estão vivos, na visão dos dois militares essa memória deve ser severamente resguardada. “nós, que somos a geração de militares que se seguiu a eles temos agora essa incumbência”, disse Bonifácio.

O tanque de guerra, a mina flutuante e a própria homenagem aos pracinhas estão completamente pichados, os militares acreditam que é necessário que a história dos heróis da segunda guerra seja lembrada nas instituições públicas escolares desde o ensino fundamental.

Outro militar presente, ouvido pelo site declarou que o que interessa é re-incluir o patriotismo nas escolas “nossas crianças precisam amar nosso país, precisam saber o que aconteceu no passado, o que militares e civis fizeram ao lutar pela liberdade. Não necessariamente precisa ter o nome OSPB ou Moral e Cívica, pode ter outro nome mais moderno… mas temos que re-incluir esse assunto, e rápido“.

Zacarias, que é candidato a vereador em São Gonçalo (77.300), e que além de suboficial da Marinha é pedagogo, ao lado do velho tanque M3 Lee completamente pichado e que inclusive já foi pintado de rosa por vândalos, visivelmente indignado, declara que como o ensino fundamental é de responsabilidade exclusiva do Município como vereador vai liderar uma campanha para inserção da história de nossos militares desde cedo nas escolas para que esse tipo de desprezo pela nossa memória não continue a acontecer.

https://suboficialbonifacio.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.